D
E
L
I
V
E
R
Y

Botecos cariocas que nos inspiram

Como bons “brewtequeiros”, compartilhamos aqui nossos botecos cariocas preferidos, que inspiraram a criação do Brewteco e ainda vivem pulsantes em nossos balcões e mesas de bar.

Você já deve ter ouvido falar por aí que no mundo nada se cria, tudo se copia. Discordamos. Temos a certeza que o DNA Brewteco é bem nosso, mas estamos longe de achar justo ignorar a tradição de um bom boteco carioca.

Então, fazemos como manda a inspiração: sugamos o ar para dentro do organismo para depois liberá-lo de uma forma que nunca mais vai se repetir. Quer ver a seleção dos botecos que alimentam nosso corpo? Segue aqui!

Paladino

Centenária, parece que o tempo não passou para a Casa Paladino. No centro do Rio, o ambiente de botequim junto a um clássico armazém permanece praticamente intacto desde a sua fundação. Dá pra acreditar?

A Paladino reúne uma das melhores combinações quando o assunto é boteco: ambiente acolhedor, atendimento nota 10 e decoração que faz uma conversa de bar parecer viagem no tempo sem sair do presente – afinal, o relógio cravado na estante em 1906 ainda funciona e hoje marca 2021.

A comida é sempre fresca (e famosa pelas saborosas omeletes e os fartos sanduíches, que valem como uma refeição), o chope sempre gelado e o cenário, que já foi locação de alguns filmes, serve até hoje como inspiração para artistas.

Endereço: Rua Uruguaiana, 224 – Centro
Telefone: (21) 2263-2094
Horário: Segunda a sexta, 07h às 20h30


Aconchego Carioca

Vamos começar pelo que importa: o premiado estabelecimento comandado pela chef Katia Barbosa é onde nasceu o bolinho de feijoada, petisco disputado nos bares cariocas. É inspiração, pronto!

O sucesso na Praça da Bandeira fez com que o restaurante ganhasse casas também na Barra e no Leblon. No menu, pratos badalados como arroz de rabada, camarão na moranga e a picanha de sol com salada morna de feijão-verde, farofa de amendoim e arroz. Delícia, né?

Endereço: Rua Barão de Iguatemi, 379 – Praça da Bandeira
Telefone: (21) 2273-1035
Horário: Terça a sábado, 12h às 22h; Domingo, 12h às 18h 


Bip-Bip

Está aí um boteco que não poderia ficar de fora da nossa lista. Se você não conhece, fica o aviso: o Bip-Bip é diferente de tudo que já frequentou. Por lá, dá para encontrar música boa e de graça, ambiente agradável e informalidade total no atendimento, com um clima de cerveja em casa em boa companhia.

É que o bar não tem garçons: é uma espécie de boteco self–service. No Bip-Bip você levanta, vai à geladeira, pega sua bebida e diz para Alfredo o seu nome e o que está levando. No final, é só procurar por ele e pagar a conta. Nada de esperar garçom à mesa. Simples e genial assim.

À noite é hora de música boa e genuinamente brasileira! Às segundas e terças tem roda de choro e, às quartas-feiras, é a vez da Bossa Nova. Já às quintas, sextas e domingos, uma roda de samba transforma o bar em um pequeno carnaval – o programa preferido dos cariocas.

Endereço: Rua Almirante Gonçalves, 50 – Copacabana
Telefone: (21) 2267-9696
Horário: diariamente, 20h à 01h


Bar Bracarense

O espaço ao ar livre combinado ao menu tradicional já rendeu ao Bar Bracarense alguns prêmios. Foram duas vezes eleitos o melhor do Brasil pelo The New York Times, quatro vezes o melhor da cidade do Rio em votação popular pela Prefeitura da cidade e, ainda, um lugar na nossa lista de botecos que inspiram.

A casa oferece um menu de muita comida boa e receitas antigas, como os tradicionais bolinho de aipim com camarão e requeijão do tipo catupiri. Também oferece opções para o almoço, como saladas e carnes. Para completar, alguns sucessos que fogem totalmente do tradicional, como a Cremosa, caipirosca de maracujá com lima-da-pérsia batida.

Endereço: Rua José Linhares, 85, Loja B – Leblon
Telefone: (21) 2294-3549
Horário: Segunda a sábado, 08h à 00h; Domingo, 10h às 22h


Bar do Mineiro

É da arte de ser boteco que a gente gosta! E o Bar do Mineiro, comandado pelo colecionador de arte Diógenes Paixão, tem um vasto repertório de acervo pessoal nas paredes de azulejos brancos, que torna o ambiente um show à parte.

Se o estabelecimento já seria inspirador pelo cenário, imagine só o quão mais influente no nosso mundo ele é por ter sido pioneiro ao servir pastéis recheados de feijão, um dos carros-chefe da casa.

Ainda no clima do feijão, um dos pratos mais tradicionais brasileiros é o responsável por filas de locais e turistas na porta do Bar do Mineiro aos finais de semana: a feijoada. Além disso, petiscos em versões fora do óbvio e cerveja gelada sempre conquistam o coração da galera.

Endereço: Rua Paschoal Carlos Magno, 99 – Santa Teresa
Telefone: (21) 2221-9227
Horário: Terça a sexta, 11h às 17h; Sábado 11h às 20h; Domingo 11h às 19h



Casa Villarino 

Mesmo fechada, no momento, não podemos esquecê-la. Os fundadores são espanhóis, mas dá para dizer sem medo que a Casa Villarino é uma grande representante da cultura brasileira. Foi, por exemplo, em uma das mesas do bar que, no verão de 1956, Tom Jobim foi apresentado a Vinícius de Moraes por Lúcio Rangel para musicar a peça “Orfeu da Conceição”, estreada meses mais tarde.

Também foi lá o berço do termo Bossa Nova, que acabou dando nome ao estilo musical que marcou época. Por essas e outras, a Casa virou símbolo e referência da boemia carioca e ponto de encontro no centro da cidade do Rio.

Hoje, o estabelecimento é um misto de bar e delicatessen e tem no menu pratos, lanches, bebidas e o melhor de produtos gastronômicos nacionais e importados.

Endereço: Av. Calógeras, 6 – Centro
Telefone: (21) 2240-1627


Cervantes

Com mais de um estabelecimento na cidade, o Cervantes já recebeu o título de “Patrimônio Cultural Carioca” – e, na nossa opinião, não é pra menos. Sanduíches caprichados (principalmente o de pernil com abacaxi) + pratos deliciosos + chopes bem tirados = boteco dos bons, certo?

Mais um representante dos bares tocados por espanhóis, a marca do Cervantes é ser eclético. Por lá, você encontra jantares entre casais, almoço em família e bate-papo regado a chopes pela madrugada há mais de 60 anos.

Inspiração para o Brewteco: check!

Endereços:
Copacabana – R. Barata Ribeiro, 7
Telefone: 2275-6147 / 2542-9287
Horário: Terça a sexta, 12h às 04h; Sábado, 12h às 06; Domingo, 12h às 02h

Barra da Tijuca – Av. das Américas, 5.777
Tel: 2438-1458
Horário: Quarta a sábado, 12h às 00h; Domingo, segunda e terça, 12h às 22h



Galeto Sat’s

No coração de Copacabana, o Galeto Sat’s é o nosso representante de um bom boteco para ficar noite adentro, “chegar depois” ou ver só ir embora junto com o sol. Entre famosos e anônimos que ocupam cadeiras e mesas de madeira do pequeno salão e uma parte da calçada, cachaças por todos os lados (inclusive, destacamos a carta de água-ardente).

No aconchego do teto baixo, um cardápio surpreendente oferece sabores autênticos como galeto no molho de laranja, na cachaça ou caipirinha. A churrasqueira está sempre lotada e saem da cozinha porções e porções de farofa de ovo. Dizem por aí que quase sempre uma noite realmente boa acaba naquela esquina…
Endereço:

Rua Barata Ribeiro, 7 – Copacabana – Rio de Janeiro – RJ
Telefones: (21) 2275-6197 / (21) 2543-8841
Horário: Aberto todos os dias 12:00 até o último cliente

R. Real Grandeza, 212 – Botafogo – Rio de Janeiro – RJ
Telefones:  (21) 2266-6266
Horário: Aberto todos os dias 12:00 até o último cliente


Bar da Frente

Sem medo da concorrência, o Bar da Frente foi inaugurado depois da mudança de endereço do Aconchego Carioca e fez bonito. Não só no cardápio, que investe em receitas de petiscos criativas e apetitosas, mas também na seleção de cervejas – ponto para eles no nosso ranking dos botecos inspiradores.

A lista de geladas disponíveis exibe sessenta rótulos e no freezer tem sempre novidades. Se for se aventurar por lá, não deixe de experimentar o bolinho de feijoada, com pimenta da casa.

Endereço: Rua Barão de Iguatemi, 388 – Praça da Bandeira
Telefone: (21) 2502-0176
Horário: Domingo e quarta, 12h às 17h; Quinta a sábado, 12h às 20h




Adega Pérola

Inaugurado há mais de meia década, o Adega Pérola está acostumado a ver passar por ali os amantes do teatro. Primeiro, os que frequentavam o Opinião, nos anos 60; depois, o Tereza Rachel, na década seguinte; atualmente, quem bate ponto no Theatro Net Rio.

O visual do estabelecimento, imaginamos, agrada a nós e aos pedestres. Mesas e bancos compridos de madeira fazem a moldura para o enorme balcão de 9 metros de comprimento, vitrine de uma variada seleção de petiscos.

O esquema é um pouco diferente de outros botecos: as sugestões são vendidas em porções de 100 gramas e as especialidades são frutos do mar. Bonito de ver e delícia de comer!

Endereço: Rua Siqueira Campos, 138 – loja A – Copacabana
Telefone: (21) 2255-9425
Horário: Segunda a sábado, 11h à 01h


O Caranguejo

Ainda na seleção das inspirações ligadas ao mar, permanecemos em Copacabana. O Caranguejo é quase unanimidade entre os botequeiros cariocas e não é para menos. O menu, recheado de opções, vai da empadinha ao prato completo com peixe de forma a agradar a todos os gostos.

Uma boa vantagem do estabelecimento é que, além de um cardápio de dar água na boca, o espaço conta com ar condicionado. Só quem viveu um verão carioca sabe.

Endereço: Rua Barata Ribeiro, 771 – Copacabana
Telefone: (21) 2235-1249 / (21) 2236-1352
Horário: diariamente, 07h à 01h




Bar Brasil

Outro cheio de história, o Bar Brasil abriu as portas em 1907, na Lapa, trazendo boas opções de gastronomia alemã para a Cidade Maravilhosa. Depois de mais de 100 aniversários, a tradição se mantém: é por lá que você encontra o melhor da culinária alemã em terras cariocas em um ambiente tranquilo para relaxar no final de semana.

O local tem a fachada tombada pelo patrimônio histórico e exibe a placa de patrimônio cultural carioca. Não tinha como ser diferente, né?

Endereço: Av. Mem de Sá, 90 – Centro
Telefone: (21) 2509-5943
Horário: Segunda a sábado, 11h à 00h; Domingo, 11h às 17h


Armazém São Thiago

Negócio familiar localizado em Santa Teresa, o Armazém São Thiago carrega história no DNA. A decoração de época, apesar do estabelecimento revitalizado, é uma forma de se conectar com as tradições da boemia carioca e mais de 100 anos de história.

No cardápio, muitos quitutes para provar e se deliciar. Chopp, Cerveja, Drinks e uma extensa carta de vinhos e cachaças. Tem como ser mais boteco que isso?

Endereço: R. Áurea, 26 – Santa Teresa
Telefone: (21) 2232-0822
Horário: Segunda a sexta, 16h às 23h; Sábado, 12h às 23h; Domingo, 12h às 21h


Bar Lagoa

E falando em história… O Bar Lagoa é a encarnação da arquitetura art déco na cidade, e conta com balcão e parte das paredes de mármore de Carrara. O material teria desembarcado num cais que existia próximo ao canal do Jardim de Alah. Será?

A maior das tradições é aquela que apaixona qualquer botequeiro: um bem tirado chope combinado a uma seleção de petiscos de nacionalidades variadas, do salsichão ao bolinho de bacalhau, passando pelo brasileiríssimo filé à oswaldo aranha.

Endereço: Avenida Epitácio Pessoa, 1674 – Lagoa
Telefone: (21) 25231135 / (21) 22871112
Horário: diariamente, 12h à 00h


Curtiu? Deixe nos comentários outras dicas, porque sabemos que o Rio esbanja história e bons botecos.

FALE COM
O #BREW

Sua opinião, sugestão e mensagem são muito importantes para deixarmos o #BREWTECO cada vez mais com a sua cara.

    Imagem para Subir para o Topo